Eu, criadora de mim

Por Vanessa Henriques

Uma vez me disseram

que meu nome queria dizer borboleta.

Borboleta não vejo, só

uma larva.

Vai ver que é isso que sou

nem pupa virei.

Me mexo de cá e de lá

mastigo o que vejo

um áporo

à procura de flor.

Asas?

ainda não criei.

 

No Museu Felícia Leirner (Foto: Carlos Oliveira)

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s