Trabalho doido

Por Vanessa Henriques

Nos últimos 2 meses estive envolvida com o que minha avó cunhou graciosamente de trabalho doido. Foram semanas de angústias, promessas vazias, trocas de função e de escala (quem dá plantão entende o drama) e nenhuma previsibilidade. Isso explica (mas não justifica) minha ausência por aqui.

Mas o comentário de minha velha não foi por causa de nada disso. Ela estava inconformada com meu horário, das 18 às 2h da madrugada. Eu levantei os ombros, resignada, como quem diz: que escolha me resta?

Eis que meu cunhado desferiu o golpe de mestre. “No tempo da feira, a que horas a senhora começava a trabalhar?”

Pois é. Essa mesma vozinha trabalhou anos em feira livre. Meu avô tinha uma banca de verduras e eles acordavam, segundo ela, “umas 3 da manhã”.

Estava aberta a porteira. Meu pai, que trabalhou a vida toda com comércio, quer coisa mais doida que isso? Trabalhar 363 dias por ano, e acordar às 4h da madrugada não configura trabalho doido? Eu penso que sim.

E minha mãe, que é dona de casa? Acorda cedo, providencia no mínimo 4 refeições por dia, limpa a casa toda, passa roupa, lembra todo mundo de tudo. Sem folga nem férias. Me parece bem doido.

Meu marido e muitos amigos professores trabalham manhã, tarde e noite, às vezes em escolas diferentes. Fazem e corrigem provas de madrugada. E todo mundo só reclama, com inveja descarada, dos 2 meses de férias deles. Isso é coisa que se faça?

Não preciso me alongar aqui, acho que já deu para entender o meu ponto.

O horário é horrível, não nego, mas eu fico no ar condicionado, sentadinha, e ainda volto de uber. O maldito trabalho intelectual desgraça a cabeça e o corpo, mas se você trabalhar das 9 às 18 horas, ninguém desconfia.

Então vamos combinar uma coisa? Trabalho deixa todo mundo doido mesmo. Quem tiver uma solução para os boletos, estamos aceitando sugestões. Só não demorem muito, por favor.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s