Fenda

Por Vanessa Henriques

Da fresta da janela

vejo uma nesga de vida

 

Pássaros fazem algazarra

gritam, se movem

folhas voam

ou só balançam com o vento

o sol bate

só pra depois ir embora

 

E eu fico no meu canto

a esperar

a desejar

que a vida seja maior que essa brecha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s